segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Distancias........


Ao longe, distante,
em silêncio,
te observo com os olhos da alma,
tuas dores,
sofridas dores,
suas loucuras,
triste loucura,
suas cobranças,
crises,
melancolias,
mágoas,
infinitas mágoas,
nada reprimidas,
explícitas,
barbaramente explícitas,
repulsivas,
criminosas,
doentias,
como cobras...(de cobrar)
como enjoas a mim as suas palavras,
xingadas,
berradas,
rebeldes,
pisadas,
como pisas em mim...nossa!!!
tiras de mim
a alegria,
amizade,
companhia,
o sorriso...
Ora...Ora....???
falas como se o dono da verdade fosses...
não és !
mas....te amo,
até quando?
não sei dizer...talvez pra sempre....

Não deixemos nosso carinho esvair-se entre os dedos...

Elas.

Nenhum comentário: