terça-feira, 16 de abril de 2013

O amor




Somos viciados nele.
 Erguemos nossa vida em torno dele. 
Do erotismo violento da adolescência aos sentimentos suaves da velhice, 
nossa existência é uma longa experiência amorosa – ou uma busca desesperada, e muitas vezes cega, muitas vezes infrutífera, pelo amor. 


Nenhum comentário: