segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Ê vidinhaaaa.....

Tentando superar meu desânimo, coloquei meu maiô pendurado no banheiro, arrumei minha pequena necessaire com minha canga e o cenoura e bronze, coloquei o celular ( desligado a dias!) para recarregar e despertar as seis da manhã, tentei né....
Dentei a meia noite e até estava com sono, porém, acordei uma hora depois para desligar a tv, então começou o martírio...
O calor aqui tá de matar, moro no último andar e acredito que é o mais quente, dois ventiladores ligados 24 horas! quando estou quase cochilando ao longe ouvi um som, vozes, músicas, daí pensei, de onde será?
Chegando mais perto, fui para a janela, era um trio elétrico, e o ônibus do fluminense
 ( oficial ), a mulher a todo o tempo gritava para terem cuidado com os fios! (dos postes de luz) uma loucura, então perdi o sono totalmente! o celular deu pane! e acordei às 7:20, dava tempo, era só levantar, tomar banho, e seguir para a praia, mais meu corpo pedia cama! vi o céu meio nublano e só acordei às 9:30 e cheia de coisinhas para dar conta em casa, normal...

Cada hora que passa sem notícias de uma suposta chance de trabalhar, me enlouquece, as responsabilidades são muitas! conto cada dia para receber minha rescisão! penso em pôr no banco, dar entrada no auxílio desemprego, e seguir...dinheiro acaba e minhas contas não vão parar de chegar, preciso trabalhar!


Depois do trauma que me causou a tentativa de trabalho no Hotel, jurei que lá não voltava, semana passada a funcionária me ligou, me oferece uma nova chance, contornei a situação, não aceitei ¨educadamente ¨, mas não descartei, sabe-se lá não é?

No fim das coisas, se nada aparecer, vou encarar!

Depois de uma semana em casa, meu filho voltou para a escola hj, torço para que ele tenha aula, estou estressada e tenho afazeres que dou conta melhor sozinha! 

* Pois é, ele acaba de voltar! os alunos não esperam a professora chegar, reunem-se na porta conversam um pouco, e logo voltam para casa!

Não vejo a hora de falar sobre coisas boas, amizades novas, vida nova...ando me lamentando e não curto isso!


Hoje acordei com vontade de ver dinheiro para poder dar início as mudanças na gaiollita (minha pequena casinha) muito pequena!

Um pequeno Bazar idealizei, liguei para uma amiga, antes de pôr em anúncio na Internet...
desta vez pretendo vender minha cômoda, microondas, e até uma linda cortina de voil que ganhei de minha mãe...
Depois será preciso vender meu fogão, cama, e geladeira, tudo que faço é pensado, essas peças serão trocadas por menores, ou por outras coisas mais necessárias.



Elas.

Nenhum comentário: