domingo, 12 de agosto de 2012

Sexo & amor



Um novo estudo, feito na Universidade de Montreal, afirma que não adianta lutar contra a corrente: primeiro vem o sexo e depois o amor. Pesquisadores descobriram, basicamente, que o sentimento de pertencimento que definimos como ‘amor’ é gerado pela mesma região do cérebro responsável por seus impulsos sexuais. E, apesar de amor e sexo serem coisas diferentes, ali no seu cérebro eles podem se sobrepor – e o que era só desejo se transforma em algo a mais.


Nenhum comentário: