quinta-feira, 24 de maio de 2012

Vida de empreguete - letra

Empreguetes


Vida de empreguete

Todo dia acordo cedo
Moro longe do emprego
Quando volto do serviço
Quero meu sofá
Tá sempre cheia a condução
Eu passo pano, encero o chão
A outra vê defeito
Até onde não há

Queria ver a madame aqui no meu lugar
Eu ia rir de me acabar
Só vendo a patroinha aqui no meu lugar
Botando a roupa pra quarar

Minha colega quis botar
Aplique no cabelo dela
Gastou um extra que era da parcela
As filhas da patroa
A nojenta e a entojada
Só sabem explorar, não valem nada

Queria ver a madame aqui no meu lugar
Eu ia rir de me acabar
Só vendo a cantora aqui no meu lugar
Tirando a mesa do jantar

Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto
E ver no que vai dar

Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa
Vou com meu ficante viajar

Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto
E ver no que vai dar

Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa
Vou com meu ficante viajar

Todo dia acordo cedo
Moro longe do emprego
Quando volto do serviço
Quero meu sofá
Tá sempre cheia a condução
Eu passo pano, encero o chão
A outra vê defeito
Até onde não há

Queria ver a madame aqui no meu lugar
Eu ia rir de me acabar (2x)

Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto
E ver no que vai dar

Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa
Vou com meu ficante viajar

Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto
E ver no que vai dar

Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa
Vou com meu ficante viajar

Nenhum comentário: