quinta-feira, 8 de março de 2012

Adotando um marmanjo





Vejo os homens como meninos, ou homemmenino, homenino. São frágeis.
Colocam nos ombros da mulher a responsabilidade em adotá-los.
A mulher acaba tornando-se mãe de um adulto completamente apático a qualquer tipo de atitude que tenha que ser tomada, deixando tudo nas mãos da mulher.
Ao adota-lo, cuida de seu bem estar físico, material, o conforta afetivamente, dá carinho físico, ou seja, TRATA dele.
E quando acaba a emoção, o erotismo, e o sentimento de amor, sim, pq um dia se acaba! o ¨homenino ¨não consegue se ver sem a mulhermãe, assim vão se arrastando anos e anos, o medo do novo os apavora! e o egoísmo com ele e com a parceira se instala.
Conheço e vejo casais apáticos, sem tesão, sem emoção e sem noção! mais se a mulher não dá o tiro de misericórdia, o homenino continua lá, em estado vegetativo.

 Admiro os homens de atitude,
                                               são poucos.

                                                   Lúciah Andrade.

Nenhum comentário: