terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Tempo de Pausa...

Pode parecer tolice
pode até ser infantil,
por mais marcante e
envolvente que seja,
preciso de uma pausa.

Não quero nos deixar
cair no esquecimento do limbo
não quero estar condenada à perfeição,
não sou perfeita!

Quero um período pra mim,
nesses dias será útil refletir,
relacionamentos bagunçados
me tiram do sério!

Nossa situação, agora verbalizada,
decretada, em que te peço: Um Tempo.
A ¨casa ¨da minha cabeça
está deveras bagunçada, desorganizada, empueirada
O tempo vai tratar da organização, até que eu amadureça
e te queira ou não.
Lúciah Andrade.

Nenhum comentário: