sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Perda de tempo...

Estava ao telefone com uma amiga e perguntei:
- E aí? ainda está casada?
- ainndaaa!!!! ela me respondeu.
Daí percebi que um amigo do escritório se mijava de rir...
e pensei, realmente, isso é pergunta que se faça? dá a entender que o casamento tem um limite, um tempo de validade... pensando friamente, acho isso sim, aliás como tudo na vida! tudo têm seu devido tempo.
Ela perguntou dos meus cabelos, do meu peso atual, papo de mulher!
- Meus cabelos estão médios, loiros (como sempre), perdi dez quilos....
ela admirada disse:
- dez quilos? noossaa!!! deve estar bem legal! já eu estou, mais gorda, cabelos secos e unhas quebradiças...dia desses encontrei uma foto do meu tempo de solteira, estava bem mais magra, loira, feliz, e hj estou esse trapo...me pergunto se tudo isso não é uma perda de tempo, estar com alguém mais jovem, me dedicar, e na primeira oportunidade ele me pedir filhos, já sou avó !!! não quero filhos!!!
respondi:
- É perda de tempo sim, e o tempo passa muito rápido, eu mesma fiquei com um rapaz mais jovem 11 anos, moramos juntos por cinco anos, a princípio ele dizia firmemente que não queria filhos,
era apaixonado, estava tranquilo com nossa relação madura, mais por fim a natureza dele falou mais alto, aí eu o deixei seguir seu curso...cinco anos sem sair, sem badalações, sem chopinhos nas sextas, de casa para o trabalho, e pra quê? Se tivéssemos ficado só na curtição eu teria aproveitado mais a vida com minha amiga, e agora é tarde!!!
A vida é assim, acreditamos nos sentimentos demais!!!

                                            Lúciah.

Nenhum comentário: