quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Não sinto prazer em contemplar o nada! A ideia do infinito me dá vazio, nem em meus piores dias de reflexão ou tristezas...

                     Lúciah.

Nenhum comentário: