segunda-feira, 25 de julho de 2011

Minha Amiga.



As pessoas que hoje temos nas mãos,
amanhã não estarão !
É difícil perder uma amizade tão valiosa
quanto a sua, te dizia que era a irmã que
havia escolhido.
Hoje te vejo distante...totalmente desperça...
da nossa amizade, hj há muito pouco.
Aquela menina alegre, companheira,
engraçada, participativa, comunicativa...
de longe se parece com a atual pessoa
que vejo em minha frente. A vida foi dura e cruel,
com vc, comigo, sei lá. (principalmente c/vc)
O que nos restou são nossas lembranças,
de nossas risadas, de nossas confissões,
nossas baladas.
Nada disso vai voltar ! e o que me resta é deixar
assim, como uma doce lembrança.
Continuo te achando forte, gosto de vc do mesmo
jeito, só preciso procurar te aceitar e respeitar, mais
sinto falta, não vou negar.
Só espero que não me veja como um risco a sua paz,
ao seu sossego.
Não esqueça que estarei aqui, até quando? não sei.

                                             Lúciah.

Nenhum comentário: