segunda-feira, 13 de junho de 2011

Lembranças...



Me peguei a pensar....
Ontem foi dia dos namorados, fiquei em casa vi alguns filmes, vi os programas da tv, tudo normal, até pq meu filho estava comigo fazendo com que eu mantesse minha sobriedade...rsrsrs
Mais têm uma lembrança do dia 12 de Junho de 2006 ou 2007...não me recordo bem.


Paixão a todaa!!!!
Nosso segundo ano, noite dos namorados !
Montei na garupa da sua moto, cheia de pacotes, bolsas...
e rondamos quase todo o Rio a procura de um Motelzinho para curtir a ¨data ¨.
Depois de tomarmos uma surra!! de tanto procurar, fomos parar num lugarzinho no centro da cidade, só aí pude perceber por que haviam quartos vagos...o lugar estava cheio de baratinhas!!! nojentinhas...
Mais Ok, ficamos por lá, afinal já estávamos cansados, aliás essa procura foi fundamental e péssima!!! para o desempenho do meu parceiro...que acabou com sono.
Bem, depois da primeira hora, resolvi abrir os presentinhos que havia feito, era uma cesta cheias de coisinhas, blusa, chocolate, cartão, pulseira, cordão...
Não me lembro do meu presente... só sei que a noite foi uma porcaria...(pelo menos pra mim ! pq quando vou para um lugar assim, a última coisa que quero á dormir! )
Conclusão:
Eu estava ligada, sem sono, carente...
e ele já havia dormido...Nossa que frustrante!!!
A única coisa que aquele lugar tinha de bom, era uma excelente ducha, tomei um banho de quase uma hora, chorei, pensei...e depois dormi. (fazer o que?)
Agora eu me pergunto:
Será que faria isso tudo novamente? com outra pessoa é claaroo!!!! Tô cansada.
Me pergunto, será que viverei algo parecido?
No dia seguinte saímos do lugar, e não entendi pq ele estava tão feliz...tão satisfeito !
                 
Nós somos muito exigentes...somos mulheres, e precisamos de muito mais, talvez mais do que eles estejam dispostos a dar.                        




                                             Lúciah.

Um comentário:

Filipe disse...

Obrigado pelo comentário lá no blog :)

Sobre essa postagem, olha... rodar todo RJ para buscar motel e dormir? E, ainda, ele acorda feliz no outro dia depois dessa situação?

MUITO estranho...

Só não entendi se essa tua lembrança foi no sentido bom ou ruim, pelo fato de ter ficado inesquecível