domingo, 17 de abril de 2011

Sou o que você lê.

Realmente, claramente, totalmente, sou sim, essa sou eu, minha alma, sem desfarçes, sem mentiras, com total lealdade ao que sinto, é minha alma que ao tocar esses teclados se expõe, se declara.
Não costumo me esconder, pensar, pois quem muito pensa, têm medo, e quem têm medo não vive.
Se te incomodo, não me desculpo, pois muita coisa me incomoda também.
Por isso, não se esconda, viva o mundo, sinta o mundo, você está nele ! acorda pra vida ! desperta!!!
Essa sou eu, sim sou eu, querendo crescer, me entender, me aceitar assim como sou.


                                                  Lúciah.

Nenhum comentário: